Futebol

Mais quatro golos para coroar uma época com 406 (!): Benfica faz história e vence Taça de Portugal feminina

993

Demorou mas foi: após uma primeira parte sem golos, Benfica inaugurou marcador com penálti de Darlene e abriu caminho para mais uma goleada numa histórica final da Taça com o Valadares (4-0).

Capitã Darlene inaugurou o marcador de grande penalidade e apontou o 102.º golo (em 25 jogos) na presente temporada

PEDRO_ROCHA

As atenções estiveram concentradas quase por completo este sábado entre o Seixal e o Estádio da Luz, onde desde cedo se foram começando a juntar milhares e milhares de adeptos do Benfica para uma última saudação antes do encontro da equipa de futebol masculina frente ao Santa Clara que poderia valer o 37.º Campeonato da história ao clube. No entanto, não muito longe desse eixo, havia outra equipa de futebol também a ganhar. E, neste caso, a iniciar também uma nova história.

Na primeira época com futebol feminino, e apesar de ter começado no segundo escalão, o conjunto encarnado cumpriu um ano de sonho a todos os níveis, com 29 vitórias e apenas uma derrota em 30 jogos – por sinal um mal menor, porque a equipa conseguiu ir a Braga inverter esse desaire na Tapadinha para chegar à final da Taça de Portugal e poder conquistar o primeiro troféu da temporada e também da sua história. Na hora da verdade, as comandadas de João Marques não falharam.

Depois de uma primeira parte dominada por completo pelo Benfica mas sem golos apesar de ter beneficiado de algumas boas oportunidades, foi preciso esperar pelos 54′ para haver finalmente festa num Jamor com muita gente, na maioria com adeptos da formação lisboeta: Darlene, na marcação de uma grande penalidade que tinha sofrido, fez o 1-0 e abriu caminho para mais uma goleada frente ao Valadares por 4-0, com os outros golos a serem apontados por Yasmim (69′, de livre direto), Ana Vitória (72′, na sequência de uma boa combinação ofensiva até ao toque final na área da brasileira) e Evy Pereira (86′, penálti).

Desta forma, o Benfica festejou o seu primeiro troféu de sempre e pode voltar a comemorar daqui a uma semana e meia, na receção ao Estoril B que pode selar também a vitória da Segunda Liga só com triunfos e impressionantes números ofensivos: em 31 encontros até ao momento (faltam ainda dois para o final da época), as encarnadas marcaram um total de 406 (!) golos, com especial destaque para a capitã Darlene (102), Geyse (49), Jassie Vasconcelos (33), Evy Pereira (33) e Carlota Cristo (30).

Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: broseiro@observador.pt
Desigualdade

Estudar é para todos?

José Ferreira Gomes

Todos os jovens merecem igual consideração e há que evitar oferecer diplomas sem valor futuro no mercado de trabalho. O facilitismo só vem prejudicar os jovens, em especial os socialmente mais frágeis

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

Confirme a sua conta

Para completar o seu registo, confirme a sua conta clicando no link do email que acabámos de lhe enviar. (Pode fechar esta janela.)