Dark Mode 170kWh poupados com o Asset 1
i

A opção Dark Mode permite-lhe poupar até 30% de bateria.

Reduza a sua pegada ecológica. Saiba mais

Logótipo da MEO Energia

Os quatro golos com que o Benfica conquistou o campeonato

Os quatro golos do Benfica, e os recordes à boleia deles, deixam a equipa a poucos minutos do título. O Santa Clara precisou de uma hora para inaugurar o marcador.

i

AFP/Getty Images

AFP/Getty Images

Os quatro golos marcados nos primeiros 45 minutos frente ao Santa Clara, no Estádio da Luz, não serviram apenas para garantir o título de campeão ao Benfica. Também simbolizam dois recordes para as águias.

A época 2018/2019 do Benfica já entrou no pódio dos campeonatos portugueses com mais golos marcados até à última jornada. Os encarnados contabilizam, até agora, 103 golos, valendo-lhe a medalha de bronze. Em primeiro lugar está o Sporting com 123 golos marcados em 1946/1974. O segundo lugar é um empate benfiquista: 103 golos também dos encarnados em 1967/1968.

Mas o Benfica não precisava de quatro golos para fazer história. Se marcasse apenas um chegaria aos marco dos 100 golos no campeonato, algo que não acontece desde a época 1972/1973, em que marcou 101 golos na Liga. Isso aconteceu logo aos 16 minutos, quando as águias estrearam o marcador. Recorde esse e os outros dois golos nos vídeos aqui em baixo.

Golo do Benfica

16 minutos

O passe de Samaris é recebido por Seferovic, que remata e dá vantagem aos benfiquistas logo na primeira ocasião da equipa encarnada. O Benfica está à frente do marcador. E a 45 minutos de ser campeão nacional.

Golo do Benfica

23 minutos

Pizzi queria furar a defesa do Santa Clara, mas a bola desviou-se na direção de João Félix que a segura com o pé esquerdo para rematar com o direito. Estava feito o 2-0 para os encarnados.

Golo do Benfica

39 minutos

André Almeida cruza, Seferovic falha o desvio e César corta, mas deixa a bola à mercê de Rafa, que atira a contar. Está feito o 3-0.

Golo do Benfica

56 minutos

Cruzamento de Grimaldo, Seferovic toca de calcanhar para o primeiro poste. Marco ainda adivinha o lado, mas não consegue evitar o golo.

Golo do Santa Clara

59 minutos

Depois de um canto de Bruno Lamas, Fábio Cardoso cabeceia, mas acerta na trave. A bola bate em César, que acaba mesmo por marcar.

Recomendamos

A página está a demorar muito tempo.