Música

Madonna com três concertos em Lisboa: a 16, 18 e 19 de janeiro. Bilhetes entre 75 a 400 euros

394

A cantora vai apresentar o seu próximo álbum em apenas três cidades europeias: Lisboa, Londres e Paris. Os espetáculos nacionais são a 16, 18 e 19 de janeiro. Bilhetes custam de 75 a 400 euros.

Getty Images

Já há datas para os concertos de Madonna em Portugal. A autora de êxitos como “Like a Virgin” e “Express Yourself”, outrora (e por muitos fãs ainda) conhecida como “a rainha da pop”, vai atuar no Coliseu dos Recreios, em Lisboa, a 16, 18 e 19 de janeiro. Os bilhetes serão postos à venda já este sábado, dia 25 de maio, a partir das 10h, anunciou a promotora e produtora do concerto em comunicado.

Os ingressos deverão ser comprados “apenas nos pontos de venda oficiais”, acrescenta a promotora. São estes as bilheteiras do Coliseu, FNAC, El Corte Inglés, Worten, CTT e Agência ABEP.

Os concertos estão marcados para as 21h30 e o preço dos bilhetes oscila entre os 75 euros (para as galerias) e os 400 euros (cadeiras de orquestra). Zonas como o balcão lateral e o balcão central do Coliseu terão bilhetes à venda por 90 e 125 euros, respetivamente. Para a zona das Frisas da sala, os bilhetes custam 125 euros, enquanto para a 1ª e 2ª plateia custam 300 e 200 euros  e para os camarotes oscilam entre os 90 e os 200 euros.

Lisboa foi uma das três cidades europeias escolhidas por Madonna para apresentar o seu álbum Madame X, que chegará às lojas e plataformas digitais no dia 14 do próximo mês de junho. O álbum foi gravado em Londres, Nova Iorque, Los Angeles e também em Portugal, onde a cantora viveu durante parte dos últimos anos e onde garantiu ter-se inspirado para os sons do disco, que incluirá uma versão do tema “Faz Gostoso” da luso-brasileira Blaya, com participação de Anitta:

Lisboa é onde o meu álbum nasceu. Encontrei a minha tribo lá e um mundo mágico com músicos incríveis que reforçaram a minha crença de que a música por tudo o mundo está mesmo ligada e é a alma do universo”, apontou a cantora nas declarações de promoção do álbum, citada pela Billboard.

Além de Anitta, Madonna convidou para o álbum vocalistas como Maluma, Quavo (do grupo de rap Migos) e Swae Lee. A produção musical do álbum ficou a cargo de Diplo e Mike Dean. É possível que o álbum inclua participações de instrumentistas portugueses, como as Batukadeiras, com quem a norte-americana gravou. Os créditos oficiais do álbum, porém, apenas referem o nome dos convidados vocais do disco — e aí não há portugueses.

Antes de apresentar o álbum ao vivo na Europa, a cantora atuará ao vivo nos Estados Unidos da América, tendo já agendada uma digressão no país que começará a 12 de setembro este ano, em Nova Iorque. Madonna atuará ainda em Chicago, Los Angeles, Las Vegas, Boston, Philadelphia e Miami.

Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: observador@observador.pt
Desigualdade

Estudar é para todos?

José Ferreira Gomes

Todos os jovens merecem igual consideração e há que evitar oferecer diplomas sem valor futuro no mercado de trabalho. O facilitismo só vem prejudicar os jovens, em especial os socialmente mais frágeis

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

Confirme a sua conta

Para completar o seu registo, confirme a sua conta clicando no link do email que acabámos de lhe enviar. (Pode fechar esta janela.)