Eleições Europeias

Europeias. Iniciativa Liberal afirma ter mensagem de “irreverência e credibilidade”

O líder do Iniciativa Liberal afirmou que o seu partido não é de esquerda, direita ou centro. "Aquilo que preconizamos é um eixo vertical em que no topo estão as pessoas", disse Ricardo Arroja.

Ricardo Arroja está confiante de que o seu partido terá a melhor votação de sempre

ANTÓNIO PEDRO SANTOS/LUSA

O cabeça de lista às europeias do partido Iniciativa Liberal afirmou esta terça-feira que a sua mensagem é de “irreverência, mas também de credibilidade”, que se move num “eixo vertical”, nem de direita nem de esquerda.

Em Via Nova de Famalicão, Ricardo Arroja, em declarações à Lusa, numa visita ao CeNTI – Centro de Nanotecnologia e Materiais Técnicos, Funcionais e Inteligentes, depois de uma arruada na cidade de Braga, apontou como prioridades da campanha eleitoral “explicar às pessoas os domínios nos quais a Europa tem influência” no seu dia a dia.

Do programa eleitoral com que se apresenta às urnas, Arroja destacou a “proposta de devolução de poderes aos cidadãos e trazer a Europa para Portugal e para os portugueses”. “É cada vez mais na Europa que Portugal faz a sua vida e é também uma oportunidade para os portugueses, um espaço de mobilidade e crescimento económico”, salientou.

Esta aproximação, exemplificou, faz-se “explicando que quando se paga cá serviços de telecomunicações mais altos que no espaço europeu isso deriva da falta de concorrência que há em Portugal e podia ser trazida pela Europa”.

Questionado em que lado da política se revê, direita, esquerda ou centro, o candidato explicou que em nenhum destes lados: “Nós, no Iniciativa Liberal, não nos revemos no eixo horizontal esquerda, direita. Aquilo que preconizamos é um eixo vertical em que no topo estão as pessoas e em que o Estado é apenas uma forma de agregar as pessoas”, apontou.

Quanto à campanha para as eleições de domingo, o candidato mostrou-se satisfeito pela forma como tem corrido.

Tem sido uma campanha muito virada para as redes sociais, para apelar ao público que não se revê a forma como se faz politica em Portugal (…) Temos feito um grande trabalho a passar uma mensagem de irreverência mas ao mesmo tempo de credibilidade, temáticas que possam ser entendidas e que fomentem a aproximação dos portugueses à Europa e trazer a Europa a Portugal”, explicou.

Questionado sobre o nível de abstenção esperado, Ricardo Arroja afirmou ser o “reflexo da descredibilização da classe política”, dando conta, ainda assim, que espera um bom resultado.  “Vamos ter a nossa melhor votação de sempre”, disse o cabeça de lista do Iniciativa Liberal, partido que se apresenta às urnas pela primeira vez.

Oiça as melhores histórias destas eleições europeias no podcast do Observador Eurovisões, publicado de segunda a sexta-feira até ao dia do voto.
Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: observador@observador.pt
Ambiente

A onda verde na UE e os nacionalismos

Inês Pina
134

Se hoje reduzíssemos as emissões de CO2 a zero já não impedíamos a subida de dois graus centígrados. E estes “míseros” dois graus vão conduzir ao fim das calotas polares e à subida do nível do mar.

Eleições Europeias

Os ventos que sopram da Europa

Jose Pedro Anacoreta Correira

É preciso explicar que o combate pela redução de impostos não significa menos preocupação social. É precisamente o inverso: um Estado menos pesado contribui para uma sociedade mais justa. 

Desigualdade

Estudar é para todos?

José Ferreira Gomes

Todos os jovens merecem igual consideração e há que evitar oferecer diplomas sem valor futuro no mercado de trabalho. O facilitismo só vem prejudicar os jovens, em especial os socialmente mais frágeis

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

Confirme a sua conta

Para completar o seu registo, confirme a sua conta clicando no link do email que acabámos de lhe enviar. (Pode fechar esta janela.)