Dívida Pública

“Panda bonds”. Portugal vai finalmente pedir emprestado em moeda chinesa

391

Governo vai vender na próxima semana o equivalente a 260 milhões de euros para alargar base de investidores na dívida portuguesa.

JOÃO RELVAS/LUSA

A possibilidade de emitir dívida em moeda chinesa, que já tinha sido avançada em setembro de 2017, vai finalmente concretizar-se, de acordo com o secretário de Estado das Finanças, Ricardo Mourinho Félix, em declarações ao jornal Eco.

“É uma excelente notícia. Portugal será o primeiro país da zona euro a emitir dívida em renminbi”, afirmou Ricardo Mourinho Félix, em declarações ao Eco. “O objetivo da emissão é estar num mercados de grande dimensão, com muita liquidez, com poupanças elevadas”, explicou ainda.

Em causa está um empréstimo de 2 mil milhões de renminbi, o equivalente a 260 milhões de euros, que será pago pelo Estado em 3 anos. A emissão será feita a 29 e 30 de maio.

O jornal refere que a autorização que Portugal tem de Pequim permite fazer novas emissões no futuro. Para já, no entanto, o montante é limitado por ser a primeira vez que o país arrisca uma operação do género na Ásia.

Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: observador@observador.pt

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

Confirme a sua conta

Para completar o seu registo, confirme a sua conta clicando no link do email que acabámos de lhe enviar. (Pode fechar esta janela.)