A cantora brasileira Adriana Calcanhotto edita em junho o álbum “Margem”, que fecha uma trilogia dedicada ao mar, iniciada há duas décadas, e fará apresentações ao vivo em novembro em Portugal.

De acordo com a editora, Adriana Calcanhotto lançará “Margem” a 7 de junho e os concertos estão marcados para 16 de novembro no Teatro Tivoli, em Lisboa, e 19 desse mês na Casa da Música, no Porto.

Adriana Calcanhotto, 53 anos, iniciou a denominada trilogia dedicada ao mar em 1998, quando lançou o álbum “Marítimo” que inclui, entre outros, os temas “Vambora” e “Vamos comer Caetano”. Em 2008, uma década depois, lançou “Maré”, produzido com Arto Lindsay e no qual participaram Moreno Veloso, Gilberto Gil e Arnaldo Antunes.

Adriana Calcanhoto nasceu em 1965, em Porto Alegre, onde iniciou a sua carreira musical, que compreende a música popular brasileira – que lhe valeu dois Grammy Latino, um deles por melhor canção em língua portuguesa – e ainda livros e discos para crianças.

A artista é, desde 2015, embaixadora da Universidade de Coimbra, onde dá aulas, o que a leva a viver entre Coimbra e o Rio de Janeiro.

Na próxima semana, Adriana Calcanhotto estará em Portugal para participar nas Conferências do Estoril, que decorrem entre 27 e 29 de maio, no campus da Nova School of Business and Economics, em Carcavelos.