O Presidente da Câmara Municipal do Porto, esteve presente no jantar de campanha do Aliança que se realizou na quinta-feira na Fundação Cupertino de Miranda, na cidade invicta. Rui Moreira foi uma das quase 200 pessoas que estiveram nesta ação de campanha do partido.

Além do cabeça de lista, Paulo Sande, marcaram presença alguns candidatos do partido às eleições europeias de domingo, nomeadamente a irmã do autarca, Maria João Moreira, empresária e número dois da lista. Também os números três e quatro, Bruno Ferreira Costa e Daniela Antão, estiveram no jantar. Assim como alguns membros da Direção Executiva do Aliança.

Já Pedro Santana Lopes, que também nesta quinta-feira falou pela primeira vez desde o acidente sofrido na semana passada, através de um vídeo publicado na página de Youtube do partido, continua afastado destas ações.

No jantar intervieram o coordenador distrital do Porto, Paulo Silva, a vice-presidente do Partido, Ana Pedrosa-Augusto, Maria João Moreira e, claro, Paulo Sande.

A proximidade entre Rui Moreira e Pedro Santana Lopes, que chegaram a encontrar-se algumas vezes no período embrionário do partido, suscitaram vários rumores, sempre desmentidos por ambos, sobre a possibilidade de o autarca poder vir a encabeçar a lista do partido a estas eleições. Algo que nunca chegou a confirmar-se.

Contactado pelo Observador, Nuno Santos, chefe de gabinete do presidente da câmara municipal do Porto, afirmou que Moreira esteve presente no jantar “a convite da irmã”. “Este não é um apoio formal ou oficial ao partido, é um apoio pessoal”.

Nuno Santos acrescentou ainda que três elementos da direção do “Porto, o Nosso Movimento” também marcaram presença nessa noite, assim como o vereador Fernando Paulo. “Temos a vantagem de ser independentes”, concluiu.

No início de abril o presidente da autarquia recebeu a irmã nos Paços do Concelho para uma reunião de apresentação dos órgãos distritais do Aliança e simultaneamente da número dois da lista para as eleições europeias, que é candidata pelo Porto. Um momento testemunhado pelo Observador, onde Maria João sublinhou que o laço familiar é apenas “uma coincidência”.

Maria João Moreira não foi, aliás, a única candidata às Europeias recebida pelo presidente da Câmara do Porto, que tem recebido todos os que fazem esse pedido.

Rui Moreira tocou e fugiu do PS. Já Pedro Marques, pegou a rua de caras