O proprietário de um restaurante na localidade de Corvos, no concelho de Mértola, morreu no sábado à noite no Hospital de Beja, na sequência de uma fuga de gás ocorrida no estabelecimento de restauração, segundo as autoridades.

Fonte do Comando Distrital de Operações de Socorro de Beja (CDOS) disse à agência Lusa que o alerta para a fuga de gás no restaurante, situado na pequena localidade de Corvos, no concelho de Mértola (Beja), foi dado aos bombeiros às 22:19.

Contactada pela Lusa, fonte da corporação dos Bombeiros Voluntários de Mértola disse que a vítima tinha 64 anos. Já fonte do Comando Territorial de Beja da GNR explicou à Lusa que o homem, proprietário do restaurante, “foi transportado em paragem cardiorrespiratória para o Hospital de Beja, onde veio a falecer”.

“Uma garrafa de gás na cozinha começou a deitar gás e não conseguiram que parasse de deitar. O proprietário levou, então, a garrafa para a rua e começou a sentir-se mal, mas também já tinha alguns problemas respiratórios prévios e foi transportado para o hospital já em paragem cardiorrespiratória”, afirmou a mesma fonte.