O Presidente dos Estados Unidos tornou-se, esta segunda feira, no primeiro governante estrangeiro a ser recebido pelo novo imperador do Japão, Naruhito, que subiu ao trono em 01 de maio após a abdicação do pai, Akihito.

Donald Trump chegou ao palácio imperial japonês acompanhado pela mulher, Melania, e foi recebido pelo imperador Naruhito e pela imperatriz Masako.

Depois de saudar a guarda de honra, composta por 92 soldados, no jardim oriental do palácio imperial, Trump entrou numa das salas para conversar com o novo ocupante do Trono do Crisântemo.

Naruhito ofereceu a Trump uma taça de porcelana tradicional japonesa, enquanto o Presidente norte-americano deu ao imperador japonês uma viola feita nos Estados Unidos, um estojo para viola feito à mão em Charleston (Virgínia Ocidental) e uma fotografia do compositor norte-americano Aaron Copland.

Trump foi o primeiro governante estrangeiro a ser recebido pelo novo imperador do Japão, Naruhito, que subiu ao trono em 01 de maio na sequência da abdicação do pai, o agora imperador emérito Akihito.

O Presidente norte-americano iniciou no sábado uma visita ao Japão, com uma agenda focada no reforço das relações bilaterais e no impasse das negociações com a Coreia do Norte.

A visita do chefe de Estado norte-americano decorre até terça-feira, e inclui reuniões oficiais e momentos de lazer com o primeiro-ministro japonês, Shinzo Abe, que esteve em Washington em abril.

O Presidente dos EUA volta ao Japão no final de junho para participar na cimeira do G20.