Rádio Observador

Sporting

“Um realizador que pegasse no último ano do Sporting faria um belo filme”. Leões recebidos por centenas na Câmara de Lisboa

488

Dois dias depois de vencer a Taça de Portugal no Jamor, o Sporting foi recebido por centenas de adeptos na Câmara de Lisboa. Ninguém mais do que os sportinguistas merece esta vitória", disse Varandas.

O Sporting conquistou a 17.ª Taça de Portugal do seu palmarés

Gustavo Bom / Global Imagens

A 14 de maio, quando foi recebido na Câmara Municipal de Lisboa depois de o hóquei em patins do Sporting ter conquistado a Liga Europeia, Frederico Varandas garantiu que o clube tudo faria para “dentro de duas semanas” estar perante Fernando Medina novamente. O presidente leonino referia-se à Taça de Portugal, competição que o futebol do clube ainda podia ganhar — e que esta segunda-feira, cumprindo-se a profecia, leva Varandas novamente à Câmara. Mas há mais: entre hóquei e futebol, junta-se ainda o futsal, que ganhou a Liga dos Campeões da modalidade no final de abril e que também levou o dirigente à autarquia. Ora, no espaço de um mês e com três modalidades diferentes, o Sporting foi recebido três vezes na Câmara Municipal de Lisboa.

Dois dias depois de bater o FC Porto na final do Jamor e garantir a conquista da 17.ª Taça de Portugal do seu palmarés, o Sporting deslocou-se então à Praça da Município para não só ser recebido por Fernando Medina como também voltar a mostrar o troféu aos adeptos — já que o primeiro momento de comunhão entre equipa e apoiantes se deu ainda na noite de sábado, quando a comitiva leonina rumou a Alvalade após sair do Estádio Nacional. O autocarro do Sporting chegou à Câmara pouco depois das 18h e foi Bruno Fernandes o primeiro a deixar o veículo, na condição de capitão, com a Taça de Portugal nas mãos.

No discurso no Salão Nobre da Câmara, Fernando Medina afirmou que a conquista do Sporting “foi até ao fim mas foi mesmo”. “Esta foi uma vitória eletrizante na Taça de Portugal. Os resultados deste ano provam que as instituições como o Sporting, com uma massa adepta a quem todos reconhecem fidelidade, nunca morrem. Voltam sempre ao local que é seu por direito. No espaço de apenas um ano, o Sporting voltou aos triunfos. No sábado, o Sporting interpretou bem o lema do clube: esforço, dedicação, devoção e glória. Esta Taça foi um eletrocardiograma dos sportinguistas, com uma determinação insuperável e raça leonina. A união faz a força, a começar no Presidente, seguindo-se a equipa técnica e todo o staff“, considerou o presidente da Câmara Municipal de Lisboa, que também guardou algumas frases para elogiar a temporada de Bruno Fernandes.

Já Frederico Varandas garantiu que a vitória na final da Taça de Portugal frente ao FC Porto “foi mais do que uma Taça”. “Um realizador que pegasse no último ano do Sporting faria um belo filme, com um final lindo, cujos atores principais foram os jogadores. Lutaram até ao fim e foi mesmo no fim que venceram. O Sporting provou que depois de estar débil, está de volta ao melhor nível. Ninguém mais do que os sportinguistas merece esta vitória”, acrescentou o presidente leonino, que defendeu depois que o clube partiu das “piores condições” para realizar “a melhor época dos últimos 17 anos ao nível de títulos”.

“Houve ambiente de rigor e estabilidade que permitiu tirar o melhor dos jogadores. Sempre me incomodou quando ouvi: ‘Somos um clube diferente mas não vencemos nada’. Este Sporting demonstrou que é possível ser vencedor sem abdicar dos nossos valores. Este é o caminho que vamos percorrer. Alguns têm megafone, e falo de alguém que fala na TV ou nas redes sociais mas sportinguistas, mesmo que o megafone faça muito barulho, se a mensagem não for verdadeira ninguém a segue. Há um ano era diretor clínico e agora sou Presidente mas sou a mesma pessoa. E isso faz com que não perca o contacto com a realidade. O povo sportinguista segue a mensagem que este Sporting transmite. Estamos orgulhosos pelo que alcançámos mas queremos mais”, concluiu Varandas, que este sábado chorou na tribuna presidencial do Estádio Nacional após o final do jogo.

Não queremos ser todos iguais, pois não?

Maio de 2014, nasceu o Observador. Junho de 2019, nasceu a Rádio Observador.

Há cinco anos poucos acreditavam que era possível criar um novo jornal de qualidade em Portugal, ainda por cima só online. Foi possível. Agora chegou a vez da rádio, de novo construída em moldes que rompem com as rotinas e os hábitos estabelecidos.

Nestes anos o caminho do Observador foi feito sem compromissos. Nunca sacrificámos a procura do máximo rigor no nosso jornalismo, tal como nunca abdicámos de uma feroz independência, sem concessões. Ao mesmo tempo não fomos na onda – o Observador quis ser diferente dos outros de órgãos de informação, porque não queremos ser todos iguais, nem pensar todos da mesma maneira, pois não?

Fizemos este caminho passo a passo, contando com os nossos leitores, que todos os meses são mais. E, desde há pouco mais de um ano, com os leitores que são também nossos assinantes. Cada novo passo que damos depende deles, pelo que não temos outra forma de o dizer – se é leitor do Observador, se gosta do Observador, se sente falta do Observador, se acha que o Observador é necessário para que mais ar fresco circule no espaço público da nossa democracia, então dê o pequeno passo de fazer uma assinatura.

Não custa nada – ou custa muito pouco. É só escolher a modalidade de assinaturas Premium que mais lhe convier.

Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: mfernandes@observador.pt

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

Confirme a sua conta

Para completar o seu registo, confirme a sua conta clicando no link do email que acabámos de lhe enviar. (Pode fechar esta janela.)