Rádio Observador

Incêndios

Incêndios: GNR de Castelo Branco detém homem suspeito de crime de fogo florestal

Um homem de 67 anos foi detido em Castelo Branco por suspeita da prática de um crime de incêndio florestal. Terá realizado uma queima de sobrantes e perdido o controlo do fogo.

Segundo a GNR, o detido foi constituído arguido e sujeito à medida de coação de termo de identidade e residência

MÁRIO CRUZ/LUSA

A GNR anunciou esta quinta-feira a detenção de um homem de 67 anos, em Castelo Branco, suspeito da prática de um crime de incêndio florestal.

Em comunicado, o Comando Territorial de Castelo Branco da GNR explica que a detenção ocorreu na terça-feira, após o alerta para um incêndio florestal.

“Os militares deslocaram-se de imediato ao local, acabando por deter o suspeito que se encontrava a realizar uma queima de sobrantes, tendo o mesmo perdido o controlo do fogo, propagando-se a uma área de pasto”, lê-se na nota.

Segundo a GNR, o detido foi constituído arguido e sujeito à medida de coação de termo de identidade e residência.

Os factos foram remetidos para o Tribunal Judicial de Castelo Branco.

Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: observador@observador.pt

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

Confirme a sua conta

Para completar o seu registo, confirme a sua conta clicando no link do email que acabámos de lhe enviar. (Pode fechar esta janela.)