A Volvo estabeleceu uma parceria com outra empresa sueca, desta feita de desporto, a POC. A intenção desta união de forças é levar a cabo um projecto de investigação que se venha a saldar num incremento da segurança dos ciclistas. Para o efeito, as duas empresas pretendem inaugurar um “conceito inovador de crash test entre automóveis e bicicletas”.

Será em Gotemburgo, nas instalações da Volvo, que as simulações de colisão vão ter lugar, tendo algumas particularidades: os dummies irão utilizar capacetes da POC, vão ser lançados de diferentes ângulos e a diferentes velocidades, mas sempre contra um Volvo parado. E por que razão há-de o veículo estar estático? A resposta é relativamente simples: porque desde 2013 que os novos Volvo integram de série o sistema de detecção de ciclistas com travagem automática. Esta funcionalidade recorre a câmaras e a radares para detectar velocípedes, avisa o condutor da colisão iminente e, se necessário, aplica a travagem.

5 fotos

Segundo a Volvo, “os procedimentos para a realização de testes para capacetes de ciclistas são ainda bastante rudimentares e não levam em linha de conta os acidentes com automóveis. O projecto Volvo-POC visa aperfeiçoar a realização destes testes”. Mais do que isso, acrescenta a marca, “este projecto faz parte de um programa de investigação mais abrangente e que procura detectar os vários tipos de lesões a longo prazo que os ciclistas poderão sofrer neste tipo de acidentes”.

Esta parceria permitirá à POC tornar os seus capacetes mais seguros, enquanto a Volvo reúne dados sobre o que acontece neste tipo de acidentes. “Este projecto é um bom exemplo do nosso pioneirismo em matéria de segurança. Costumamos desenvolver novos métodos que sejam capazes de avaliar várias situações de trânsito. O nosso objectivo não passa somente por satisfazer os requisitos legais ou os testes de avaliação. Queremos ir além disso e utilizar situações reais de trânsito para desenvolver a nossa tecnologia, de modo a melhorar a segurança”, sublinha a responsável pelo Centro de Segurança da Volvo, Malin Ekholm.