A China lançou esta quarta-feira, no Mar Amarelo, um foguetão que enviou sete satélites para o espaço, sendo este o primeiro lançamento feito com recurso a uma plataforma móvel.

Este lançamento é o 306.º da série Long March 11 — foguetão chinês — mas é o primeiro a ser feito no mar.

Este local possibilita uma posição mais próxima do Equador, o que exige menos combustível para alcançar a órbita, diminuindo os custos do lançamento e a possibilidade de danificar o solo com a queda de detritos.

O programa espacial chinês desenvolveu-se rapidamente, sobretudo desde a primeira missão tripulada, em 2003, sendo o terceiro país a colocar humanos no espaço com recurso à sua própria tecnologia.

A China colocou duas estações espaciais em órbita e planeia lançar um Mars Rover, veículo explorador de Marte, em 2020.

O programa espacial chinês sofreu um raro retrocesso no ano passado, quando o lançamento do foguetão Long March 5 falhou.