A Kia Motors revelou a primeira imagem do crossover Kia XCeed, destinado à Europa, prometendo uma apresentação na íntegra a 26 de Junho.

A única fotografia libertada mostra o modelo de perfil, com o fabricante a pretender enfatizar assim qual o posicionamento que persegue para o XCeed – o de SUV urbano com linhas coupé, tendência cada vez mais em voga entre os construtores (sobretudo os premium). Ainda assim, visto de lado, o XCeed dá mais ares de hatchback com uma maior altura ao solo, sem esquecer as habituais protecções em plástico que os SUV adoptam…

Prometendo uma posição de condução mais elevada e um carácter mais desportivo do que é habitual encontrar entre os seus congéneres, a Kia assegura ainda que a capacidade da bagageira e o espaço interior do XCeed estarão “ao nível dos SUV mais vendidos na Europa”. Só no final do mês poderemos conhecê-lo em detalhe.

Também por essa altura será revelado o Seltos, o SUV compacto global da Kia, a posicionar acima do Soul e abaixo do Stonic. Segundo a marca, vai ser lançado este Verão e estará à venda na Coreia ainda este ano, seguindo-se-lhe outros mercados.

7 fotos

Mais pequeno que o Stonic, o SUV da Kia foi buscar o seu nome à mitologia grega – em concreto, a Celtos, filho de Hércules. Mas, para manter a lógica da nomenclatura que tem vindo a adoptar para a sua família SUV, a Kia optou por trocar o “C” pelo “S”, letra que o fabricante elegeu para sintetizar as principais características dos seus SUV – desportividade, estilo, sofisticação e espaço (palavras que começam justamente por “s” em inglês).

Por aquilo que os esboços nos permitem antecipar, o Seltos vai realçar a típica grelha Tiger Nose com faróis estilizados e, dado que a marca assume que esta proposta foi pensada para atrair os mais jovens, é de esperar que haja a possibilidade de personalizar o crossover com diferentes cores para o tejadilho e carroçaria. Atrás, sobressai particularmente a horizontalidade dos farolins em direcção ao logótipo da marca, ao centro do portão da bagageira.

Quanto ao interior, tratando-se de um SUV virado para os techies, é de esperar que o enfoque se faça na tecnologia e na conectividade. Os esboços mostram um tablier de linhas muito clean com um ecrã central de dimensões generosas (10,25 polegadas), tipo tablet na horizontal.

Resta apenas aguardar mais uns dias, para ficarmos a saber a que plataforma este Kia recorre e qual será a oferta de motorizações. Mas é altamente provável que 1.0 T-GDI de 100 e 120 cv, ou o diesel 1.6 CRDI de 115 cv, entrem ao serviço.