Rádio Observador

Relações Internacionais

Presidente chinês inicia visita à Rússia para acertar estratégias com Putin

Xi Jinping inicia visita a Moscovo para "atualizar e fortalecer as relações" e onde acertará estratégias com o seu parceiro internacional Vladimir Putin face às crescentes tensões com os EUA.

FLORENCE LO / POOL/EPA

Autor
  • Agência Lusa

O Presidente chinês, Xi Jinping, chega esta quarta-feira a Moscovo para uma visita à Rússia, onde participará no 23.º Fórum Económico Internacional e acertará estratégias com o seu parceiro internacional Vladimir Putin, face às crescentes tensões com os EUA.

Xi e Putin “vão atualizar e fortalecer as relações”, num momento em que a situação internacional apresenta “mudanças sem precedentes no espaço de um século” e sofre “grande impacto do unilateralismo”, disse o vice-ministro chinês dos Negócios Estrangeiros Zhang Hanhui, citado pela agência noticiosa oficial Xinhua.

Sem referir a guerra comercial entre a China e os EUA, Zhang sublinhou que as relações entre Pequim e Moscovo são cada vez mais “maduras, estáveis e fortes” e serão reforçadas nesta visita de três dias.

“Esta visita consolidará a base política das relações sino-russas, reafirmará o seu apoio mútuo em questões que envolvem as respetivas preocupações fundamentais e assegurará que as relações não serão afetadas por qualquer mudança na situação internacional”, acrescentou.

Especialistas preveem que Pequim e Moscovo continuarão a traçar estratégias comuns, sobre a Venezuela ou Coreia do Norte, enquanto a guerra comercial com Washington se agrava.

No entanto, Putin poderá também tentar explorar as disputas comerciais entre Pequim e Washington para melhorar a capacidade de manobra da Rússia nas relações com os dois países.

A Xinhua avançou que os dois chefes de Estado deverão assinar documentos de cooperação em áreas como agricultura, finanças, ciência e tecnologia e comércio eletrónico.

Os dois presidentes devem ainda discutir projetos de infraestrutura, como a ponte que ligará Heihe, cidade fronteiriça da província chinesa de Heilongjiang, com a cidade russa vizinha de Blagoveshchensk, permitindo triplicar o volume atual de carga naquela área.

Xi participará ainda num evento para celebrar o 70.º aniversário do estabelecimento das relações diplomáticas e no 23.º Fórum Económico Internacional, em São Petersburgo, onde apresentará ideias para o “desenvolvimento sustentável, a defesa do multilateralismo e a melhoria da governação global para o desenvolvimento e a prosperidade”, segundo a Xinhua.

Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: observador@observador.pt

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

Confirme a sua conta

Para completar o seu registo, confirme a sua conta clicando no link do email que acabámos de lhe enviar. (Pode fechar esta janela.)