Rádio Observador

Barack Obama

Casal Obama vai produzir podcasts exclusivos para a plataforma Spotify

133

Barack Obama afirma estar entusiasmado com o novo projeto e diz que podcasts fomentam "diálogos construtivos". Para Michelle o objetivo é dar voz a quem muitas vezes não a tem.

Os valores do acordo entre o casal e o Spotify não foram divulgados

MICHAEL REYNOLDS/EPA

O ex-Presidente dos Estados Unidos Barack Obama e a sua mulher, Michelle, vão ter podcasts (conteúdos áudio ou multimédia) exclusivos na plataforma Spotify, anunciou esta quinta-feira a produtora dos Obamas.

Sob a chancela da produtora Higher Ground Productions, o antigo casal presidencial norte-americano vai desenvolver e emprestar as respetivas vozes a um conjunto selecionado de podcasts, conteúdos em formato digital divulgados com periodicidade regular que podem ser descarregados e escutados em diversos dispositivos.

Barack e Michelle Obama lançaram a Higher Ground Productions em 2018, quando assinaram um acordo com a plataforma de streaming de vídeo por subscrição Netflix para produzir filmes, séries e documentários. A ideia na altura era criar novas e diversas vozes na indústria de entretenimento. “Esperamos cultivar e ajudar na afirmação de vozes de talento, fontes de criatividade e de inspiração que promovam uma maior empatia e compreensão entre as pessoas”, afirmou então Barack Obama, num comunicado.

A parceria agora anunciada com o Spotify procura expandir esse objetivo.

Estamos entusiasmados (…) porque os podcasts oferecem uma oportunidade extraordinária para encorajar um diálogo construtivo, fazer as pessoas sorrirem e refletirem e, esperamos, para se aproximarem umas das outras”, afirmou o ex-Presidente dos Estados Unidos (2008-2016), num comunicado esta quinta-feira divulgado.

Michelle Obama disse, por sua vez, que espera que esta nova aposta possa ajudar as pessoas a relacionarem-se emocionalmente, afirmando que será uma “oportunidade” para dar espaço “às vozes que são muitas vezes ignoradas ou reduzidas ao silêncio”. O valor deste novo acordo não foi revelado.

Em março de 2017, o casal Obama assinou um contrato com a editora Penguin Random House na ordem dos 60 milhões de dólares (cerca de 50,8 milhões de euros), segundo avançaram na altura vários meios de comunicação social norte-americanos. O acordo previa a edição de um livro assinado por cada um deles. O livro de memórias de Michelle Obama, “Becoming: A minha História”, foi publicado em novembro do ano passado.

Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: observador@observador.pt

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

Confirme a sua conta

Para completar o seu registo, confirme a sua conta clicando no link do email que acabámos de lhe enviar. (Pode fechar esta janela.)