Jorge Jesus, o novo treinador do clube de futebol brasileiro Flamengo, afirmou esta sexta-feira que está “ansioso por começar a trabalhar” e confessou que já via jogos do seu novo clube antes de saber que o ia treinar. Jesus falou no aeroporto de Lisboa, de onde vai partir na madrugada desta sexta-feira para o Brasil para abraçar o novo projeto.

“Estou ansioso por começar a trabalhar. Vou para um grande clube, um dos melhores do mundo e estou motivado”. Jorge Jesus prometeu “paixão, trabalho, convicções e muitos anos de futebol” — que lhe dão “créditos para estar completamente tranquilo”.

É oficial, Jorge Jesus vai mesmo treinar no Brasil: “O que me convenceu foi a grandeza do Flamengo”

Jorge Jesus não quis comentar o alegado interesse do Flamengo nos jogadores do Benfica Jardel e Jonas, mas adiantou que “são grandes jogadores” e que têm “nível para jogar em qualquer clube do mundo”. Jesus diz que o Flamengo criou um plantel para “dar resposta às necessidades e objetivos que o clube tem”. O treinador que recentemente saiu do Al-Hilal da Arábia Saudita diz ainda que “não há outro caminho” senão conquistar títulos no Flamengo.

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR

Os objetivos do Flamengo são os mesmos de outros clubes onde já estive: é para ganhar tudo. Não sei viver nem escolher um clube que não tenha esses objetivos”, afirmou Jorge Jesus.

Jesus confessou que já conhecia os jogadores do Flamengo e que via jogos do novo clube mesmo antes de saber que o ia treinar. “Já via vários jogos do Flamengo, sem saber que algum dia podia ir treinar o clube. Por isso conheço bem os jogadores do Flamengo”, comentou.

Sobre a vida no Brasil, Jorge Jesus confessou que já está adaptado a viver fora de Portugal e adiantou que vai ser acompanhado pela mesma equipa técnica com que trabalhou na Arábia Saudita.

O técnico que em Portugal orientou equipas como Belenenses, Braga, Benfica e Sporting explicou ainda que os seus novos jogadores vão agora de férias e que o primeiro “jogo é no dia 10 (de julho) frente ao Goiás” (um pequeno lapso do técnico, visto que o jogo está agendado para o dia 13).

O Brasil tem bons treinadores. O Brasil é um país de futebol. Vou para lá trabalhar e aprender também. Vou com muita confiança”, confessou Jorge Jesus.

Jesus elogiou ainda o futebol brasileiro, a “beleza dos estádios” e a “paixão” que os adeptos têm pelas suas equipas. “O campeonato brasileiro tem muita qualidade e para ter uma vitória é preciso estar muito forte”. Sobre o futuro, Jesus diz que será o trabalho desenvolvido no clube a ditá-lo.