Rádio Observador

Dólar

Vladimir Putin quer diminuição do papel do dólar no sistema financeiro internacional

Putin diz que "a confiança no dólar está a cair" e que a moeda é utilizada pelos EUA para pressionar todo o mundo. Declarações do presidente surgem numa altura de grande tensão entre EUA e Rússia.

Vladimir Putin falou num fórum económico. em São Petersburgo

ALEXEI DRUZHININ / SPUTNIK / KREMLIN POOL / POOL/EPA

O presidente russo, Vladimir Putin, apelou esta sexta-feira a que se repense o papel do dólar no sistema financeiro mundial, dizendo que a moeda norte-americana se tornou “um instrumento de pressão” de Washington e está atualmente em declínio.

Putin considera que “a confiança no dólar está a cair”, mas a Rússia continua a estar fortemente dependente da moeda norte-americana para o seu comércio externo, num momento de fortes tensões políticas com Washington.

“É evidente que estas mudanças profundas requerem a adaptação dos organismos financeiros internacionais, que devem repensar o papel do dólar, que deixou de ser uma moeda de reserva para se transformar num instrumento de pressão do seu país sobre o resto do mundo”, afirmou o presidente russo, à margem de um fórum económico que decorre em São Petersburgo.

O clima de tensão entre a Rússia e os EUA aumentou de tom, depois de o Governo do presidente norte-americano Donald Trump ter imposto drásticas sanções económicas a Moscovo.

A Rússia continua dependente da moeda norte-americana para o comércio, nomeadamente no setor dos hidrocarbonetos, que têm um forte peso na sua economia. Apesar disso, há vários anos que o Governo russo procura diminuir a dependência do dólar, procurando usar moedas locais nas transações com outros importantes parceiros, como é o caso da China.

De acordo com dados do banco central russo, entre 2013 e 2017, a participação dos pagamentos em dólares norte-americanos nas exportações de bens e serviços caiu de 80% para 68%. Ao mesmo tempo, a participação do euro subiu de 9% para 16% e a do rublo de 10% para 14%. Para as importações, o movimento é menos forte, mas a presença do dólar passou de 41% para 36%.

Em outubro, o vice-primeiro-ministro, russo Yury Borissov, anunciou que a Índia pagaria em rublos, a moeda russa, a compra de sistemas antiaéreos russos S-400.

Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: observador@observador.pt
Sistema Financeiro

Chegados ao ponto de vertigem do Dólar…

Jorge Silveira Botelho

Na prática, a FED devolveu a flexibilidade necessária à sua política monetária para assegurar a longevidade do atual ciclo económico global, revelando assim o desejo secreto de um Dólar mais débil.

Brasil

Em nome do Brasil, peço desculpas /premium

Ruth Manus

Não, eu não elegi este governo. Mas o meu país o fez. Parte por acreditar na política do ódio, parte por ignorância, parte por ser vítima das tantas fake news produzidas ao longo do processo eleitoral

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

Confirme a sua conta

Para completar o seu registo, confirme a sua conta clicando no link do email que acabámos de lhe enviar. (Pode fechar esta janela.)