Cerca de 250 adeptos do FC Porto manifestaram-se esta segunda-feira à porta do Palácio de Justiça do Porto, para contestar a decisão judicial que obriga o clube nortenho a pagar uma indemnização de dois milhões de euros ao Benfica.

Segundo o Jornal de Notícias, os manifestantes vestiam de azul e branco e empunhavam cartazes que pediam “Prisão para os Corruptos”. O protesto foi convocado através das redes sociais, depois de ser divulgado o acórdão judicial que condena quatro arguidos (F. C. Porto Clube, SAD, Media e Francisco J. Marques, o diretor de comunicação do FCP) ao pagamento de uma indemnização como consequência da divulgação de e-mails privados do clube da Luz.

Os manifestantes azuis e brancos que protestaram à porta do Palácio da Justiça do Porto.

O conteúdo dos e-mails é verdadeiro, mas condena-se quem os divulgou em vez de condenar os factos que estão lá escritos. Foi uma decisão injusta e por isso é que estamos aqui a manifestar”, explicou ao JN um dos adeptos que estava no ajuntamento”.

O tribunal considerou que o SLB sofreu danos emergentes e patrimoniais no valor de 523 mil e 1,4 milhões de euros, respetivamente. O clube liderado por Pinto da Costa já anunciou que vai recorrer.