TAP

Neeleman já “virou a página” do “mal-entendido” sobre prémios na TAP

140

David Neeleman, acionista de referência da TAP, garantiu que no fim de semana foi "virada a página" na polémica em relação aos prémios atribuídos a quadros superiores da empresa.

EPA/JOSE SENA GOULAO

Autor
  • Agência Lusa
Mais sobre

David Neeleman, acionista de referência da TAP, garantiu esta terça-feira que no fim de semana foi “virada a página” na polémica em relação aos prémios atribuídos a quadros superiores da empresa.

“Estas coisas acontecem e virámos uma página no fim de semana. Foi um mal-entendido”, explicou, lembrando a reunião entre a Comissão Executiva e o Conselho de Administração da companhia aérea sobre os prémios.

O empresário falou em São Francisco, no Consulado de Portugal, no dia em que a TAP inaugurou uma rota para aquela cidade.

Neeleman fez eco do comunicado enviado pela TAP no sábado a dar conta deste “mal-entendido” e a sugerir a criação de um comité de recursos humanos para ajudar a gerir estas questões.

Já Miguel Frasquilho, presidente do Conselho de Administração, não quis comentar diretamente este assunto, mas deixou uma “palavra de apreço a todos os trabalhadores da TAP”.

Foi noticiado no final da semana passada que a TAP pagou prémios de 1,171 milhões de euros a 180 pessoas, incluindo dois de 110 mil euros atribuídos a dois quadros superiores, segundo um documento a que a Lusa teve acesso.

Em causa estão prémios que foram pagos com o salário de maio destes colaboradores e que oscilam entre os 110 mil e pouco mais de mil euros.

O Governo, que detém 50% da TAP, mostrou-se muito crítico desta decisão, tendo o ministro das Infraestruturas e Habitação, Pedro Nuno Santos falado em “quebra de confiança”.

Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: observador@observador.pt
TAP

A vaca voadora de António Costa é a TAP /premium

Tiago Dores
1.841

O Estado colocou gestores na TAP para que a TAP faça a gestão que bem entender borrifando-se para esse gestores que não gerem coisa nenhuma. É a segunda lição de qualquer Manual de Gestão para Totós.

Sustentabilidade

As melhores empresas para o mundo! /premium

Laurinda Alves
123

Uma B Corp é uma empresa lucrativa que tem como modelo de negócio o desenvolvimento social e ambiental. A Empresa B cria benefícios a todas as partes interessadas e não responde apenas aos accionistas

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

Confirme a sua conta

Para completar o seu registo, confirme a sua conta clicando no link do email que acabámos de lhe enviar. (Pode fechar esta janela.)