Rádio Observador

Renault

Este é o novo Zoe. Foto escapou antes da revelação

A Renault prepara há já algum tempo a segunda geração do Zoe. Vai ser muito parecido por fora com o actual, mas vai ter mais potência, mais autonomia e uma nova plataforma. Revelação em breve.

A estratégia da Renault para a segunda geração do Zoe vai ser similar à que adoptou com o Clio, pois a grande aceitação de que o modelo goza leva os franceses a adoptar a regra de “em equipa que ganha não se mexe”. E o utilitário francês é não só o eléctrico mais vendido na Europa, como o veículo da marca que mais satisfaz os seus utilizadores.

A revelação do novo Zoe não deve tardar, mas isso não impediu que a primeira imagem do eléctrico “caísse” na Internet. À primeira vista, as semelhanças com o veículo actual são flagrantes, com aliás se esperava, com destaque para a assinatura luminosa ter passado dos pára-choques – que passam a incluir novos faróis de nevoeiro – para o faróis, curiosamente com uma solução distinta da utilizada pelo novo Clio.

A única entrada de ar está localizada na zona inferior do pára-choques, como acontecia anteriormente, mas é maior e apresenta um desenho distinto. Maior parece ser igualmente o símbolo ao centro da grelha, o que se compreende uma vez que a anterior Type 2 é substituída pela mais volumosa CCS Combo, que lhe vai permitir recarregar a 100 kW.

À semelhança do que aconteceu com a nova geração do Clio, também o Zoe deverá evoluir consideravelmente ao nível do interior, se não em design, pelo menos em conteúdo, pois vai integrar vários dispositivos de ajuda à condução que até aqui não estavam disponíveis.

Mas as novidades mais ‘sumarentas’ do novo Zoe são as que não são visíveis. A começar pela plataforma, que é nova e especificamente concebida para veículos eléctricos, que será posteriormente cedida à Nissan e à Mitsubishi, ou até mesmo à FCA, caso a fusão avance. A capacidade da bateria deverá aumentar, de 41 para 50 kWh, o mesmo acontecendo com a potência do motor (espera-se que de 90 e 110 cv para 135 cv). Mas o incremento mais antecipado tem a ver com a autonomia, que se espera que suba de 300 para muito próximo de 400 km. Resta aguardar pelos próximos dias para ver até que ponto tudo isto se confirma.

Comparador de carros novos

Compare até quatro, de entre todos os carros disponíveis no mercado, lado a lado.

Comparador de carros novosExperimentar agora
Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: alavrador@observador.pt

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

Confirme a sua conta

Para completar o seu registo, confirme a sua conta clicando no link do email que acabámos de lhe enviar. (Pode fechar esta janela.)