Rádio Observador

Governo

Portugal volta aos mercados na quarta-feira para emitir até 1.250 milhões em Bilhetes do Tesouro

"O IGCP, E.P.E. vai realizar dois leilões das linhas de BT com maturidades em 20 de setembro de 2019 e 15 de maio de 2020, com um montante global entre 1.000 milhões de euros e 1.250 milhões".

A procura atingiu 1.561 milhões de euros para os BT a 11 meses, 1,64 vezes superior ao montante colocado

JOAO RELVAS/LUSA

Autor
  • Agência Lusa

Portugal volta aos mercados na próxima quarta-feira para colocar até 1.250 milhões de euros em dois leilões de Bilhetes do Tesouro (BT) a três e 11 meses, anunciou esta sexta-feira o IGCP.

“O IGCP, E.P.E. vai realizar no próximo dia 19 de junho pelas 10h30 dois leilões das linhas de BT com maturidades em 20 de setembro de 2019 e 15 de maio de 2020, com um montante indicativo global entre 1.000 milhões de euros e 1.250 milhões de euros”, indica a Agência de Gestão da Tesouraria e da Dívida Pública (IGCP) na nota enviada à comunicação social.

Nos últimos leilões comparáveis, em 17 de abril, Portugal colocou 1.250 milhões de euros, montante máximo anunciado, em Bilhetes do Tesouro (BT) a três e a 11 meses, a taxas de juros ainda mais negativas nos dois prazos.

A 11 meses foram colocados 950 milhões de euros em BT à taxa de juro média de -0,368%, mais negativa do que a registada em 20 de fevereiro, quando foram colocados 850 milhões de euros com um juro de -0,363%.

A três meses foram colocados naquele dia 300 milhões de euros em BT à taxa média de -0,415%, mais negativa do que a verificada em 20 de fevereiro, quando foram colocados 150 milhões de euros a -0,389%.

A procura atingiu 1.561 milhões de euros para os BT a 11 meses, 1,64 vezes superior ao montante colocado, e 935 milhões de euros para os BT a três meses, 3,12 vezes o montante colocado.

Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: observador@observador.pt
Assembleia Da República

Atentados às crianças /premium

Maria João Marques

Não vejo bem como defender um quadro legal que permite que o agressor continue a contactar a vítima criança, muitas vezes usando-a para atormentar a mãe (o que também atormenta a criança).

PCP

PCP: partido liberal falhado?

José Miguel Pinto dos Santos
6.765

Será então que a proposta eleitoralista de taxar depósitos acima de 100 mil euros um desvio liberal de um partido warxista? De modo algum. Não só é iliberal como irá agravar a próxima crise económica.

Maioria de Esquerda

A síndrome Maria Heloísa /premium

André Abrantes Amaral

Não pensem que a maioria absoluta livra o PS do BE ou do PCP. Tanto um como outro são já parte integrante do PS que recebeu de braços abertos membros que, noutras eras, teriam aderido ao PCP ou ao BE.

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

Confirme a sua conta

Para completar o seu registo, confirme a sua conta clicando no link do email que acabámos de lhe enviar. (Pode fechar esta janela.)