A zona euro registou um excedente de 15,7 mil milhões de euros no comércio internacional de bens em abril, um recuo face ao de 17,1 mil milhões de euros do mesmo mês de 2018, segundo dados divulgados pelo Eurostat esta terça-feira.

De acordo com o gabinete estatístico europeu, as exportações da zona euro para o resto do mundo aumentaram 5,2% para os 192,9 mil milhões de euros (183,4 mil milhões de euros em abril de 2018) e as importações atingiram os 177,2 mil milhões de euros, mais 6,6% do que os 166,3 mil milhões de euros homólogos.

A União Europeia (UE), por seu lado, registou um excedente de 1,4 mil milhões de euros depois de, em abril de 2018, a sua balança comercial externa de bens ter conhecido um défice de 900 milhões de euros.

As exportações para fora do bloco europeu aumentaram, na comparação homóloga, 10,2% de 155,3 mil milhões de euros para 171,1 mil milhões de euros.

As importações de bens do resto do mundo chegaram aos 169,7 mil milhões de euros, mais 8,6% do que em abril de 2018 (156.3 mil milhões de euros).