O Captur é o pequeno SUV que mais vende no continente europeu e, aparentemente, prepara-se para atacar a China na segunda geração. Isto porque as fotos do seu painel posterior, que revela como vão ser os grupos ópticos traseiros da próxima geração, foram publicados pelo chineses da Autohome. E se estas fotos desapareceram da Internet, por pressão da Renault, a realidade é que continuaram a estar disponíveis através do site Worldscoop.

À semelhança do que aconteceu com o Clio, que é o modelo mais vendido do segmento, a Renault viu-se obrigada a substituir o Captur, sendo que também este B-SUV é o que mais vende no mercado europeu no seu segmento. Daí que a marca francesa tenha optado por fazer poucas alterações na frente, como já lhe falámos aqui, mas aparentemente sendo mais ousada na traseira.

Fuga na net revela as formas do novo Captur

O novo pequeno SUV francês passa a disponibilizar um painel posterior diferente daquele a que nos habituou a geração anterior e a primeira do modelo. Tudo no novo Captur sugere uma evolução face à primeira geração, isto apesar de o veículo herdar uma nova plataforma, mais comprida, e um habitáculo mais volumoso. A necessidade de montar uma traseira distinta, com farolins diferentes, significa que a marca francesa faz questão em diferenciar a nova geração da actual, para atrair novos clientes.

Ao que parece, o novo B-SUV da Renault vai exibir um comprimento de 4,263 metros, em vez dos anteriores 4,122 m, o que deixa antever mais espaço no habitáculo e na mala. Também a distância entre eixos subirá de 2,606 m para 2,638 m, para favorecer quem se senta atrás, prevendo-se a utilização dos motores 1.0 TCe 100 e 1.3 TCe 130, além dos diesel 1.5 dCi. A maior novidade vai ser o Captur híbrido plug-in, com grandes vantagens fiscais.