Rádio Observador

Reino Unido

Sajid Javid eliminado da corrida à liderança dos tories (e ao cargo de primeiro-ministro). Boris soma e segue

O ministro do Interior foi o mais recente candidato a ser eliminado da corrida que elegerá o novo primeiro-ministro britânico. Boris Johnson voltou a ser o claro vencedor.

Sajid Javid foi ministro do Interior no último governo de Theresa May

Getty Images

Sajid Javid é o mais recente candidato à liderança do Partido Conservador britânico — e, por inerência, ao cargo de primeiro-ministro — a ser eliminado nas rondas de votação pelos deputados do partido. Com apenas 34 votos, o ministro do Interior ficou em último nesta ronda, que viu Boris Johnson ser o mais votado pela quarta vez e contou com a ultrapassagem de Jeremy Hunt por Michael Gove, que passou para segundo.

Ao todo, entre os 313 deputados dos tories, 157 deram o seu voto ao antigo presidente da Câmara de Londres Boris Johnson, 61 preferiam o ministro do Ambiente (Gove) e 59 apoiaram o atual chefe da diplomacia britânica, Jeremy Hunt. Dois deputados — um deles apoiante de Rory Stewart, entretanto eliminado, de acordo com a Sky News — optaram por votos nulos.

Javid publicou um texto de agradecimento pelo apoio que obteve ao longo desta candidatura e sublinhou que os colegas “mereceram o seu lugar nas rondas finais”. “Desejo-lhes tudo de bom nas próximas semanas e — seja qual deles se torne primeiro-ministro — espero que os meus colegas se unam em torno dele como uma equipa”, escreveu.

Boris Johnson agradeceu o apoio no Twitter, dizendo-se “incrivelmente grato”, mas reforçando “o trabalho que há a fazer” ainda.

Já Michael Gove, que se candidata pela segunda vez à liderança do partido, tem mais razões para sorrir, pois ultrapassou Jeremy Hunt, que tinha sido o segundo mais votado na ronda anterior. “Completamente encantado por ter ficado em segundo na última votação!”, escreveu o ministro no Twitter. Ao todo, Gove captou mais 10 votos do que na ronda anterior, enquanto que o ministro dos Negócios Estrangeiros só conseguiu acumular mais cinco. Já Boris Johnson captou mais 13 apoios quando comparado com a ronda anterior.

Na tarde desta quinta-feira haverá nova ronda de votação, com os resultados a serem anunciados pouco depois das 18h (hora local, igual em Lisboa). Ficarão assim definidos os dois finalistas, que terão depois um mês para fazer campanha junto dos militantes dos tories. A 22 de julho, será anunciada a escolha dos 160 mil membros do partido, que terão um mês para votar por correspondência no seu favorito.

Tendo em conta o favoritismo de Boris Johnson até aqui, o mais certo é que esta quinta-feira fique definido quem será o homem que terá de defrontar na ronda final: Michael Gove ou Jeremy Hunt, um dos dois deverá ter uma oportunidade para lutar pelo cargo de primeiro-ministro de um país que vive um dos seus momentos mais desafiantes, com o Brexit.

Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: cbruno@observador.pt

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

Confirme a sua conta

Para completar o seu registo, confirme a sua conta clicando no link do email que acabámos de lhe enviar. (Pode fechar esta janela.)