O presidente da UNITA, Isaías Samakuva, anunciou esta terça-feira a realização do XIII congresso ordinário do maior partido da oposição em Angola de 13 a 15 de novembro deste ano, para a eleição de um novo líder.

Numa conferência de imprensa, em Luanda, sem direito a perguntas, Samakuva leu uma declaração em que anunciou a data do conclave, bem como seis outros temas em discussão no congresso.

Avaliar e “redefinir, se for esse o caso” a linha ideológica, adotar estratégias eleitorais, rever os estatutos e o programa e apreciar a atuação dos órgãos cessantes do partido são outras das alíneas a serem discutidas no congresso.

Segundo Samakuva, que não indicou se se recandidatará ao cargo, que ocupa desde 2003, o congresso irá também rever os símbolos do partido, bem como eleger a nova comissão política.