Os presidentes da Rússia e dos Estados Unidos vão reunir-se durante uma hora à margem da cimeira do G20 no dia 28 de junho em Osaka, Japão. A informação foi avançada por fonte do Kremlin e divulgada pela Reuters.

A reunião será o primeiro encontro entre Vladimir Putin e Donald Trump em quase um ano e servirá para discutir o armamento das duas nações. Yuri Ushakov, porta-voz russo, explica que na agenda de debate dos dois líderes estarão ainda “problemas de estabilidade estratégica e diversos conflitos regionais”, como são os da Síria, Venezuela e Irão.

Apesar da data avançada pelo Kremlin, Washington ainda não confirmou o dia da reunião. “Não é uma cimeira formal, mas é esperado que seja uma conversa com foco em problemas de segurança regionais, incluindo o Irão, Ucrânia, Síria, Médio Oriente”, referiu fonte oficial da administração norte-americana. “Também devem abordar as questões de controlo de armas e melhorar a relação entre os dois países”, acrescentou a mesma fonte.

O encontro surge num momento de alta tensão entre EUA e Irão. Donald Trump impôs na segunda-feira duras sanções a Teerão com o objetivo de enfraquecer a economia do regime de Ali Khamenei.

No G20, Donald Trump vai igualmente encontrar-se com o Presidente chinês, Xi Jiping. A reunião entre os dois surge num momento em que a relação entre os dois executivos estão também deterioradas devido às tarifas impostas pelo presidente norte-americano.

O G20 é um fórum internacional onde a União Europeia e 19 países se juntam para debater assuntos de ordem mundial. O encontro deste ano está marcado para os dias 28 e 29 de junho, já este fim de semana.