A venda de automóveis novos caiu em junho pelo quinto mês consecutivo, tendo sido vendidos 29.743 veículos, menos 4% do que no mesmo mês de 2018, segundo a ACAP – Associação Automóvel de Portugal.

Em comunicado divulgado esta segunda-feira, a ACAP diz que “o mercado mantém-se em queda pelo quinto mês consecutivo”. Já no total do primeiro semestre deste ano foram vendidos 150.688 novos automóveis em Portugal, menos 3,7% em termos homólogos.

Por classes de veículos, a venda de automóveis ligeiros caiu 3,5% em junho para 25.305 automóveis.

No acumulado até junho, as vendas ascenderam a 128.595 unidades, menos 4,4% do que no primeiro semestre de 2018. A queda nas vendas foi maior nos veículos ligeiros de mercadorias, 13% face a junho de 2018, para 3.666 unidades.

No primeiro semestre foram vendidas 19.015 ligeiros de mercadorias, menos 1,5% face ao período homólogo do ano anterior. Em contraciclo, nos veículos pesados a venda de unidades novas aumentou em 41,4%, para 772 veículos.

Nos primeiros seis meses de 2019 forma vendidos 3.078 veículos pesados, um acréscimo de 19,8% relativamente ao período homólogo de 2018.