Rádio Observador

Telecomunicações

Forças de Defesa e Segurança moçambicanas notificam regulador para bloquear telemóveis não registados

"A Autoridade Reguladora das Comunicações nos últimos dias, tem recebido informações dos cidadãos e das Forças de Defesa e Segurança de que existem no mercado cartões SIM não registados."

Todos os detentores de telemóvel devem registar-se junto dos operadores.

Autor
  • Agência Lusa

As Forças de Defesa e Segurança moçambicanas alertaram a Autoridade de Regulação das Comunicações (Arecom) sobre a circulação de cartões de telemóvel não registados, levando o regulador a dar dez dias às operadoras para bloquearem os aparelhos nessa situação.

“A Autoridade Reguladora das Comunicações – Arecom – nos últimos dias, têm recebido informações dos cidadãos e das Forças de Defesa e Segurança de que existem no mercado cartões SIM não registados ou com registos irregulares”, lê-se numa informação que aquela entidade enviou às empresas de telefonia móvel.

O documento, assinado pelo presidente da Arecom, Américo Muchanga dá dez dias às operadoras de telefonia móvel para bloquearem os cartões de telemóvel cujos utentes não estão registados.

As autoridades moçambicanas determinaram em 2015 que todos os detentores de telemóvel devem registar-se junto dos operadores.

Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: observador@observador.pt

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

Confirme a sua conta

Para completar o seu registo, confirme a sua conta clicando no link do email que acabámos de lhe enviar. (Pode fechar esta janela.)