As Forças de Defesa e Segurança moçambicanas alertaram a Autoridade de Regulação das Comunicações (Arecom) sobre a circulação de cartões de telemóvel não registados, levando o regulador a dar dez dias às operadoras para bloquearem os aparelhos nessa situação.

“A Autoridade Reguladora das Comunicações – Arecom – nos últimos dias, têm recebido informações dos cidadãos e das Forças de Defesa e Segurança de que existem no mercado cartões SIM não registados ou com registos irregulares”, lê-se numa informação que aquela entidade enviou às empresas de telefonia móvel.

O documento, assinado pelo presidente da Arecom, Américo Muchanga dá dez dias às operadoras de telefonia móvel para bloquearem os cartões de telemóvel cujos utentes não estão registados.

As autoridades moçambicanas determinaram em 2015 que todos os detentores de telemóvel devem registar-se junto dos operadores.