Lisboa recebe esta quarta-feira a IV Cimeira Bilateral entre Portugal e Moçambique, que contará com a presença do primeiro-ministro português, António Costa, e do Presidente moçambicano, Filipe Nyusi.

A cimeira, com início marcado para as 10h30, no hotel Intercontinental, será iniciada pelo secretário de Estado da Internacionalização de Portugal, Eurico Brilhante Dias, seguindo-se as intervenções do primeiro-ministro português e do chefe de Estado de Moçambique.

Posteriormente, António Costa e Filipe Nyusi dirigir-se-ão para o Palácio da Foz, onde se irão reunir, a sós, seguindo-se a abertura da reunião plenária.

Após a assinatura de vários acordos e protocolos, está marcado o almoço oficial da cimeira.

A III cimeira entre os dois países decorreu, em Maputo, em julho de 2018, sob o lema “Moçambique e Portugal: Construindo uma Parceria Estratégica para o Desenvolvimento Sustentável”.

Na ocasião, Costa e Nyusi “congratularam-se” pela “crescente interação entre delegações ministeriais”, tendo ainda assinado acordos e memorandos de cooperação nos domínios dos Negócios Estrangeiros, Proteção Civil, Policial, Emprego e Segurança Social, Transportes e Turismo.

No final da III cimeira bilateral, Portugal e Moçambique “sublinharam a vontade em reforçar a cooperação no domínio da defesa” e destacaram “os progressos conseguidos na negociação de instrumentos para assinatura futura” nas áreas das Finanças, Administração Estatal e Função Pública, Justiça, Saúde e Assuntos do Mar.

No âmbito da visita de Estado, Filipe Nyusi, que se faz acompanhar por uma delegação com vários ministros e alguns deputados, participa com o Presidente português no Fórum Euro-África, organizado pelo Conselho da Diáspora, em Cascais, “num painel dedicado ao tema da reconstrução, no contexto da catástrofe dos ciclones Idai e Kenneth”.

Na sexta-feira, último dia da visita de Estado, Filipe Nyusi é recebido na Câmara Municipal de Viseu, às 16h00.