A Automotive News Europe avança novos dados acerca da futura geração do Defender. De acordo com a referida publicação, o icónico 4×4 britânico vai propor três carroçarias distintas, em linha com o modelo original, oferecer lugar para até oito ocupantes e disponibilizar quatro pacotes de personalização, para garantir que conquista um espectro mais amplo de clientes.

A Land Rover nunca escondeu que colocou muito “lá em cima” as expectativas de vendas para o novo Defender. Tanto mais que, pela primeira vez, o jipe inglês vai passar as fronteiras dos Estados Unidos da América e da China, o que significa que passará a ser comercializado nos dois maiores mercados do mundo, onde a anterior geração não esteve à venda. Mas a revelação do novo Defender far-se-á em solo europeu, no âmbito do Salão de Frankfurt, com a apresentação da carroçaria mais pequena a 10 de Setembro.

De acordo com a referida publicação, o Defender proporá as variantes 90, 110 e 130, designação que originalmente remetia para a medida em polegadas da distância entre eixos. A versão de entrada é a única de três portas, medirá 4,323 m de comprimento e poderá acomodar cinco ou seis passageiros. Já o Defender 110 terá cinco portas e 4,758 m de comprimento, propondo versões de cinco, seis e sete lugares, enquanto o maior (130) será o único a oferecer lugar para oito ocupantes, graças às suas medidas mais generosas (5,100 m de comprimento). As variantes 90 e 110 serão introduzidas no mercado em 2020, prevendo-se que a 130 só seja lançada um ano depois.