São nove as localidades algarvias que, a partir de agosto, vão receber novos espaços do cidadão. De acordo com o que a secretária de Estado da Justiça, Anabela Pedroso, contou no Fórum TSF, essas zonas são Ferragudo, Porches, Alcoutim, Martim Longo, Altura, Azinhal, Odeleite, Portimão e Olhão.

Esta tomada de posição surge como reflexo da onda de contestação que tem assolado este serviço público, mais concretamente as demoras no atendimento e as longas filas de espera que tem surgido um pouco por todo o país. “Quem vai de férias agora no mês de agosto, e se forem para o Algarve, vai poder ter mais nove espaços de cidadão: três no barlavento e sei no sotavento, onde podem tratar do cartão de cidadão”, explicou Anabela Pedroso.

As novidades, porém, não ficam por aqui, tendo a secretária de Estado confirmado que também em Lisboa vão abrir dois novos postos de dedicados em exclusivo ao Cartão do Cidadão, “um no Areeiro e outro no Campo Grande” — isto ainda durante o mês de julho.

A partir da próxima semana também está previsto que nos postos da Avenida Fontes Pereira de Melo e Campus de Justiça “um atendimento personalizado, a partir das sete da manhã”, para “todos os que tiverem condições poderem fazer o seu cartão online ou num pequeno quiosque que vamos preparar para esse efeito.”

A mesma responsável do Governo diz ainda que vão tentar “dar senhas com previsibilidade de hora, permitindo que, apesar de o cidadão ter de se deslocar relativamente cedo, se assim o entender, pelo menos sabe a hora previsível de atendimento.”

Foi reforçada a mensagem de que o Governo está em cima do assunto e a fazer de tudo para agilizar o funcionamento das lojas e seus serviços através de medidas como o cartão de cidadão online, a pré-marcação no seu agendamento e a criação de mais espaços.