Uma embarcação que transportava migrantes capotou ao largo da Tunísia, deixando 82 desaparecidos.

Foram ainda resgatadas quatro pessoas, tendo uma delas morrido já depois do salvamento.

A informação foi avançada pelo Crescente Vermelho da Tunísia, que adianta ainda que o acidente aconteceu perto da localidade de Zarzis.

De acordo com o Flavio Di Giacomo, porta-voz a Organização Internacional das Migrações, o barco em questão tinha partido de Zwara, na Líbia, na quarta-feira.

A Líbia, país de onde tem partido a grande maioria dos barcos com migrantes que tentam chegar à Europa, é palco de uma guerra civil que tem vivido um crescendo na sua violência em 2019. Além dos civis líbios, essa violência afeta também os migrantes que ali chegam. Esta quarta-feira, um ataque aéreo atingiu um centro de detenção para migrantes em Tripoli, matando pelo menos 40 pessoas e ferindo outras 80.