O governador do Rio de Janeiro, Wilson Witzel, aliado político do Presidente Jair Bolsonaro, foi recebido em protesto por um grupo de estudantes na sua passagem pela Universidade de Coimbra.

Num espaço fechado, um grupo de vários estudantes levantaram-se perante a presença daquele político e gritaram palavras de ordem como “fascistas, golpistas não passarão!”, “Marielle vive!” ou “Lula livre”.

O momento foi filmado e publicado por alguns dos manifestantes:

O governador do Rio de Janeiro iniciou uma viagem oficial a Portugal a 2 de julho, com o objetivo de captar investimento português na região que governa desde janeiro deste ano. Esta terça-feira, esteve reunido com o presidente da Confederação Empresarial de Portugal, António Sarava, e com o presidente da Câmara de Comércio Luso-Brasileira, Clovis Martines. Na quarta-feira, Wilson Witzel esteve em Coimbra, onde participou na sessão de encerramento do 21º Seminário de Verão da Universidade de Coimbra.

Wilson Witzel, militante do Partido Social Cristão, foi eleito governador do Rio de Janeiro em outubro de 2018 e tomou posse em janeiro deste ano. Desconhecido da maioria do público, o facto de ter sido apoiado por Jair Bolsonaro terá sido um fator-chave para a sua eleição.

A Universidade de Coimbra é o estabelecimento de ensino superior em Portugal que conta com mais estudantes brasileiros. De acordo com declarações do vice-reitor Joaquim Ramos de Carvalho à revista Época em 2018, no ano letivo de 2016/17 9% dos estudantes da Universidade de Coimbra tinham nacionalidade brasileira.