Rádio Observador

Eleições Legislativas

Rio revela cabeças-de-lista para Beja, Castelo Branco, Setúbal e Santarém

205

O presidente do PSD escolheu mais quatro caras novas para cabeças-de-lista nas legislativas de outubro para os círculos eleitorais de Beja, Castelo Branco, Setúbal e Santarém.

FERNANDO VELUDO/LUSA

Autor
  • Agência Lusa

Henrique Silvestre Ferreira, engenheiro agrónomo, será o cabeça de lista por Beja, Cláudia André, geógrafa e professora, é a escolha para Castelo Branco, o vereador da Câmara de Setúbal Nuno Carvalho lidera a lista pelo seu distrito e Isaura Morais, presidente da Câmara Municipal de Rio Maior, é o primeiro nome em Santarém, disse à Lusa fonte social-democrata.´

Isaura Morais, que conseguiu destronar o PS na Câmara de Rio Maior nas últimas autárquicas, é licenciada em Recursos Humanos e tirou uma pós-graduação em Gestão de Marketing.

Nuno Carvalho, vereador social-democrata da Câmara de Setúbal, é licenciado em em Direito pela Universidade Moderna de Lisboa e especializado em Finanças pelo Instituto Superior de Economia e Gestão da Universidade de Lisboa, tendo sido considerado, segundo o PSD, “um dos jovens mais promissores com menos de 40 anos” pela revista “Exame”.

Cláudia André foi a escolha de Rui Rio para Castelo Branco. Tem um percurso “muito relacionado com os jovens e com a sociedade civil”, disse a fonte social-democrata. No Conselho Estratégico Nacional do partido é a porta-voz para a Educação, Cultura, Juventude e Desporto, trabalhando lado a lado com o vice-presidente do PSD David Justino.

O engenheiro agrónomo Henrique Silvestre Ferreira está à frente da Herdade do Vale da Rosa, conhecida pelas suas uvas sem grainha, numa empresa agrícola que está na família há quatro gerações. Recentemente, segundo o PSD, foi reconhecido com o Prémio Jovem Agricultor Mais Inovador.

O PSD já tinha anunciado os nomes dos cabeças de lista por Lisboa, Porto, Braga, Aveiro, Coimbra e Leiria. A vereadora da Câmara de Cascais Filipa Roseta encabeça a lista de Lisboa e o presidente do Conselho Nacional de Juventude, Hugo Carvalho, lidera a lista do Porto.

No lote de nomes noticiados pelo semanário Expresso no sábado passado e confirmados à Lusa por fonte social-democrata estão também a deputada e líder da JSD, Margarida Balseiro Lopes, por Leiria, a investigadora universitária Ana Miguel Santos (que tinha sido candidata a eurodeputado no 8.º lugar na lista do PSD) por Aveiro, o vogal da Comissão Política Nacional e vereador em Guimarães André Coelho Lima por Braga e a advogada Mónica Quintela, porta-voz para a Justiça do Conselho Estratégico Nacional (CEN), por Coimbra.

Segundo a mesma fonte, Rui Rio não encabeçará qualquer círculo.

Lisboa, Porto, Braga, Aveiro, Coimbra e Leiria representam cerca de dois terços do eleitorado e o objetivo foi “promover uma rutura” e “abrir caminho a jovens e à sociedade civil”, dando um sinal de que o partido quer fazer uma aproximação ao eleitorado.

Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: observador@observador.pt
António Costa

Prioridades à la carte /premium

Alexandre Homem Cristo
386

Capaz de prometer tudo e o seu contrário, este PS de 2019, embriagado pela hipótese de uma maioria absoluta, não é diferente daquele PS de 2009, cuja soberba atirou um país para o abismo.

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

Confirme a sua conta

Para completar o seu registo, confirme a sua conta clicando no link do email que acabámos de lhe enviar. (Pode fechar esta janela.)