A tenista australiana Ashleigh Barty, líder do ranking mundial, qualificou-se esta quinta-feira para a terceira ronda do torneio de Wimbledon, terceira prova do ‘Grand Slam’ de 2019, ao vencer a belga Alison Van Uytvanck.

Barty, recente vencedora do torneio de Roland Garros, o primeiro ‘major’ da carreira em singulares, impôs-se à 58.ª classificada da hierarquia da ATP em dois rápidos ‘sets’, pelos parciais de 6-1 e 6-3, após 56 minutos de confronto.

Na terceira ronda, a tenista australiana, primeira cabeça de série da prova londrina em relva, vai defrontar a vencedora do encontro entre a britânica Harriet Dart, 182.ª do ranking, e a brasileira Beatriz Haddad Maia, 121.ª do mundo.