Com grande tradição nos veículos de série e mais ainda entre os modelos de competição, a ZF sempre figurou entre os melhores fabricantes mundiais de caixas de velocidade. Mas hoje que os construtores de automóveis se deparam cada vez com mais exigências – como, por exemplo, a necessidade de criar versões híbridas de modelos que não foram para isso concebidos, o que os obriga a instalar algures um motor eléctrico -, a ZF decidiu colocar no mercado uma caixa automática já com um motor eléctrico integrado, tendo fechado um contrato de fornecimento com a Fiat Chrysler Automobiles (FCA).

Denominada 8HP, a nova caixa é uma evolução de uma anterior unidade automática da ZF, com oito velocidades, que agora passa a poder alojar no seu interior um motor eléctrico, o que facilita o trabalho dos fabricantes de automóveis, a quem por vezes falta espaço para “enfiar” mais um motor. Tal como está concebida, a 8HP serve veículos com motor longitudinal e tanto pode ser instalada em modelos com tracção atrás como com transmissão integral, sejam eles SUV ou berlinas.

A ZF anunciou este acordo com a FCA como o seu segundo contrato assinado com um grande construtor em apenas três meses – sendo o primeiro aquele que firmou com a BMW –, que irá começar em 2022. As caixas serão produzidas em Saarbrucken, na Alemanha, com a fabricação a estar prevista igualmente para a China e Estados Unidos da América.

A FCA não revelou quais os modelos em que a 8HP poderá ser instalada, mas há uma infinidade de veículos que poderão recorrer a esta solução, “especialmente os híbridos e os híbridos plug-in (PHEV)”, de acordo com o CEO da ZF, Wolf-Henning Scheider. Da gama Giulia e Stelvio da Alfa Romeo, passando pelos Jeep da gama média e alta e muitos Chrysler e Dodge, todos eles serão potenciais candidatos a utilizar a nova 8HP.