Os lucros da Santa Casa da Misericórdia de Lisboa (SCML) baixaram para 33,3 milhões de euros em 2018, depois de terem atingido um recorde de 42,4 milhões em 2017.

De acordo com o provedor da SCML, Edmundo Martinho, 2018 foi um ano “fundamentalmente de consolidação” da atividade da instituição, tendo atribuído a diminuição dos lucros à “mudança substancial de como os jogos são atribuídos aos beneficiários”.

“Se não fosse isto, teríamos um resultado líquido igual ao de 2017”, adiantou o provedor, considerando 2018 “um ano altamente positivo”.