Em três dias, o estado norte-americano da Califórnia foi sacudido por dois sismos. O primeiro, na quinta-feira, atingiu os 6,4 de magnitude na escala de Richter e, no sábado, o abalo sentido foi ainda maior, atingindo os 7,1. Começam a ser agora divulgadas imagens, a partir do espaço, que deixam ainda mais claro o impacto dos abalos na região.

O diretor executivo da Planet Labs — que se dedica a monitorizar a superfície terrestre via satélite, com aplicações em várias áreas da indústria —, Will Marshall, publicou no Twitter imagens do antes e depois dos dois abalos onde é possível ver a fenda que se abriu na região.

Ao que tudo indica, o abalo que terá provocado a fenda foi o mais forte, uma vez que a imagem partilhada por Will Marshall à esquerda foi tirada no dia em que se deu o primeiro sismo.

No Twitter, há várias imagens da destruição causada pelos sismos, que desviaram o alcatrão das estradas vários metros.