Rádio Observador

Drogas

Bebé de 14 meses que consumiu haxixe e cocaína está estável e livre de perigo

1.862

A criança já teve alta das urgências e está agora internada na pediatria do Hospital de Gaia e Espinho. Autoridades de proteção de menores já foram contactadas pelo hospital.

A criança foi internada nas urgências na quarta-feira depois de consumir drogas

Fábio Poço

O bebé de 14 meses que foi internado na quarta-feira depois de consumir haxixe e cocaína está estável e livre de perigo, confirmou ao Observador o diretor clínico do Hospital de Gaia e Espinho, José Pedro Moreira da Silva.

O bebé está agora internado no serviço de pediatria, depois de ter estado 24 horas sob observação nas urgências. Moreira da Silva adianta ainda que o hospital sinalizou as entidades responsáveis pela proteção de menores. O diretor clínico disse ao Observador que o caso não estava sinalizado antes e será agora acompanhado pela Comissão de Proteção de Crianças e Jovens de Gaia Sul.

A criança entrou nas urgências do hospital pelas 4h30 de quarta-feira. Foi a mãe do bebé que ligou para o INEM. Apresentava apatia e convulsões e tinha ingerido estupefacientes, nomeadamente haxixe e cocaína. E tinha ainda sinais de desnutrição grave.

Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: observador@observador.pt

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

Confirme a sua conta

Para completar o seu registo, confirme a sua conta clicando no link do email que acabámos de lhe enviar. (Pode fechar esta janela.)