Lágrimas, braçadeira e o miúdo ex-apanha bolas

Jogadores, equipa técnica, Jonas: apresentação guardou melhor para o fim na noite em que o 10 se despediu entre sorrisos, lágrimas e dez minutos como capitão antes de ser substituído por Dantas.

Por Bruno Roseiro