Rádio Observador

PSP

Detidos dois suspeitos de tráfico internacional na posse de 145 armas

Os dois detidos são suspeitos de se dedicarem à aquisição, transformação e venda ilícita de armas de fogo. Operação "FLOBERT" resultou na apreensão de 145 armas e centenas de munições.

A PSP deteve duas pessoas que se dedicavam à aquisição, transformação e venda ilícita de armas de fogo, anunciou em comunicado. A operação, denominada “FLOBERT”, decorreu em Lisboa durante o dia de quarta-feira e resultou na apreensão de 145 armas, centenas de munições e “outro material relacionado com esta atividade ilegal”, segundo a PSP.

Os dois detidos — um ucraniano, suspeito de estar associado ao comércio ilícito de armas, e um português, que estaria a adquirir as armas, segundo apurou o Observador — serão presentes a primeiro interrogatório judicial, no Departamento de Investigação e Ação Penal de Lisboa, ainda esta quinta-feira para efeitos de eventual aplicação de medidas de coação.

Durante a operação foram apreendidas/os

  • 67 armas de alarme de diversas marcas e calibres;
  • 22 armas de fogo de diversas marcas e calibres;
  • 8 revólveres de diversas marcas e calibres;
  • 6 armas de fogo longas;
  • 4 armas de fogo curtas em forma de caneta;
  • 12 silenciadores;
  • 5 aerossóis;
  • 1 arma branca de abertura automática;
  • Dezenas de carregadores para pistola;
  • Numerário em notas do Banco da Ucrânia;
  • Centenas de munições de calibre variado; e
  • 33 armas de ar comprimido de calibre 4,5mm de vários modelos.

A operação “FLOBERT” foi o resultado de 12 meses de investigação e “visou o cumprimento de 7 mandados de busca e apreensão no distrito de Lisboa promovidos pelo Departamento de Investigação e Ação Penal de Lisboa, sendo desenvolvida em coordenação e colaboração com o Departamento de Investigação Criminal bem como o Comando Metropolitano de Lisboa, ambos da PSP, com base numa investigação relacionada com tráfico internacional, mediação e transformação de armas de fogo”, detalha a PSP. É o resultado de uma “ação complexa de pesquisa, análise e produção de informação policial através dos diferentes mecanismos de partilha de informação, nacionais e internacionais, relacionada com a venda e posse ilícita de armas de fogo em Portugal e Europa”.

Não queremos ser todos iguais, pois não?

Maio de 2014, nasceu o Observador. Junho de 2019, nasceu a Rádio Observador.

Há cinco anos poucos acreditavam que era possível criar um novo jornal de qualidade em Portugal, ainda por cima só online. Foi possível. Agora chegou a vez da rádio, de novo construída em moldes que rompem com as rotinas e os hábitos estabelecidos.

Nestes anos o caminho do Observador foi feito sem compromissos. Nunca sacrificámos a procura do máximo rigor no nosso jornalismo, tal como nunca abdicámos de uma feroz independência, sem concessões. Ao mesmo tempo não fomos na onda – o Observador quis ser diferente dos outros de órgãos de informação, porque não queremos ser todos iguais, nem pensar todos da mesma maneira, pois não?

Fizemos este caminho passo a passo, contando com os nossos leitores, que todos os meses são mais. E, desde há pouco mais de um ano, com os leitores que são também nossos assinantes. Cada novo passo que damos depende deles, pelo que não temos outra forma de o dizer – se é leitor do Observador, se gosta do Observador, se sente falta do Observador, se acha que o Observador é necessário para que mais ar fresco circule no espaço público da nossa democracia, então dê o pequeno passo de fazer uma assinatura.

Não custa nada – ou custa muito pouco. É só escolher a modalidade de assinaturas Premium que mais lhe convier.

Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: observador@observador.pt

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

Confirme a sua conta

Para completar o seu registo, confirme a sua conta clicando no link do email que acabámos de lhe enviar. (Pode fechar esta janela.)