A Câmara de Mafra decidiu nesta sexta-feira lançar um concurso público, no valor de 1,6 milhões de euros, para a conclusão de dois prédios que a autarquia adquiriu para aumentar a oferta de habitação social no concelho.

Segundo a proposta, aprovada por unanimidade, trata-se de obras de construção, reparação e beneficiação de dois edifícios localizados na Quinta de Santa Bárbara, na sede do concelho, que estão por terminar.

Em abril de 2018, a Assembleia Municipal autorizou a câmara a adquirir os dois edifícios por 800 mil euros, com o intuito de aumentar o apoio a famílias carenciadas ao nível da habitação social.

Na ocasião, o presidente da Câmara, Hélder Sousa Silva (PSD), explicou que a autarquia vai passar a dispor de 26 apartamentos, com o intuito de “promover a habitação social ou o arrendamento a custos controlados”.

O autarca adiantou que o município tem quase duas centenas de candidatos à espera de habitação.

Com estes 26 apartamentos, o município aumenta o número de fogos em 20%.

Até agora, existem 140 fogos para habitação social ou para arrendamento a custos controlados neste concelho do distrito de Lisboa.