Rádio Observador

Espanha

Espanha. Quatro rapazes detidos por violação em grupo de rapariga de 17

Caso dá-se pouco depois de as penas dos membros La Manada serem agravadas de oito para 15 anos por uma violação em grupo. Outro caso, na Alemanha, abriu debate sobre menoridadade penal.

Caso acontece dias depois de o Supremo Tribunal ter agravado para 15 anos a pena de cadeia aplicada aos membros do La Manada

Getty Images

Quatro jovens, entre os 18 e os 25 anos, foram detidos na madrugada de domingo na pequena localidade de Manresa, perto de Barcelona, por alegadamente terem violado uma rapariga de 17 anos.

Escreve o jornal espanhol El Mundo que a agressão terá ocorrido na madrugada de domingo num edifício do centro histórico de Manresa. A rapariga formalizou depois a denúncia na mesma esquadra onde os jovens foram detidos.

As autoridades locais estão a investigar o caso e a reunir provas para apresentar ao juiz. Este caso acontece pouco depois de o Supremo Tribunal espanhol ter agravado a pena de cadeia aplicada aos arguidos do processo La Manada, de nove para 15 anos. Os suspeitos tinham sido condenados por abuso sexual, o que gerou um grande debate público para alterar a lei. De acordo com a legislação, a falta de consentimento contempla um crime sexual. Mas pode ser considerada violação (com violência e intimidação) — punida com penas de prisão até 15 anos — ou abuso sexual (quando não existe violência e intimidação) — com penas até 12 anos. O Supremo considerou, então, ter-se tratado de um crime de violação.

Este caso, com contornos semelhantes ao agora ocorrido perto de Barcelona, aconteceu em 2016 nas festas de São Firmino, em Pamplona quando cinco rapazes violaram uma rapariga de 18 anos aproveitando-se do facto de estar alcoolizada. A violação em grupo ocorreu por turnos num local abandonado. Foi filmada. Os suspeitos mantinham um grupo no Whatsapp denominado “La Manada”, no qual partilharam pormenores do crime.

Também há uma semana, uma alemã de 18 anos foi vítima de uma violação coletiva, em Mülheim, na Alemanha. O crime terá sido feito por cinco adolescentes entre os 12 e os 14 anos o que reacendeu o debate em torno da maioridade penal na Alemanha. Atualmente só é condenado em tribunal quem tiver mais de 14 anos.

Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: observador@observador.pt

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

Confirme a sua conta

Para completar o seu registo, confirme a sua conta clicando no link do email que acabámos de lhe enviar. (Pode fechar esta janela.)