O PS segue destacado nas intenções de voto relativas às próximas legislativas, alargando o fosso em relação ao PSD de Rui Rio para quase 14 pontos percentuais, segundo a sondagem da Aximage divulgada esta sexta-feira pelo Jornal de Negócios e Correio da Manhã.

Segundo a sondagem, os socialistas somam 37,5% das intenções de voto — numa sondagem feita entre 12 e 15 de julho — um aumento de quase dois pontos percentuais em relação ao estudo de opinião realizado um mês antes pela mesma Aximage.

O PSD também subiu, mas muito mais moderadamente — apenas meio ponto percentual. Assim, apesar de Rui Rio se ter afastado do mínimo de popularidade registado em junho (23,1%, o valor mais baixo desde que se tornou líder), subiu a um ritmo menor do que o PS, ou seja, a distância entre os dois partidos dilatou-se quando olhamos para as sondagens da Aximage.

Há uma semana, uma outra sondagem feita pelo ICS/ISCTE para o Expresso já tinha apontado para uma vantagem ainda maior, de 15 pontos, entre o PS e o PSD.

Voltando à sondagem da Aximage, divulgada esta sexta-feira, com o Bloco de Esquerda parece estar firme na posição de terceiro partido mais votado, com 9,4% (também subiu ligeiramente), a CDU fixou-se nos 6,8%, sem alterações em relação à sondagem anterior.

Quem perdeu mais “terreno” nesta sondagem foi o CDS-PP, que cai mais de ponto e meio e não vai além dos 4,9% das intenções de voto. Ou seja, está menos de um ponto percentual acima do PAN, que tem 4% das intenções de voto (menos do que os 5% registados nas europeias).