O Presidente queniano, Uhuru Kenyatta, inaugurou esta sexta-feira aquele que é considerado o maior parque eólico de África, um projeto que pretende reduzir os custos da eletricidade no país e atrair investidores para a nação da África Oriental.

Kenyatta referiu que o Quénia é o único país africano a alcançar a meta de 75% de energias renováveis no seu ‘cabaz’ energético.

O projeto ‘Eólico do Lago Turkana’, que está ligado à rede energética queniana desde o ano passado, deverá produzir 17% da energia do país.

Este parque eólico lançado oficialmente nesta sexta-feira permitirá reduzir a dependência energética nos geradores a ‘diesel’.

O diretor executivo do projeto, Rizwan Fazal, considerou que a eletricidade produzida por este parque eólico já contribuiu para uma redução do custo da energia, em declarações citadas pela agência Associated Press.