Uma forte explosão foi registada esta sexta-feira numa fábrica de gaseificação na região centro da China, com os órgãos de comunicação locais a referirem vários feridos, mas sem informações exatas sobre quantas pessoas possam ter sido afetadas pelo incidente.

“Algumas portas interiores caíram por causa da explosão. O número de vítimas é desconhecido”, avançou o canal de televisão estatal CCTV sobre o incidente ocorrido às 17h50 hora local (10h50 hora de Lisboa) na cidade de Sanmenxia, na província de Henan.

A explosão provocou danos materiais num raio de três quilómetros. Na origem estará a explosão de um tanque de gás. Vídeos divulgados nas redes sociais mostram uma grande coluna de fumo cinzento e denso a sair das instalações da fábrica.

As explosões acidentais são muito frequentes na China, especialmente no setor industrial. Em novembro do ano passado, uma fuga de gás numa fábrica de produtos químicos provocou uma explosão que fez 23 mortos em Zhangjiakou, cidade localizada a cerca de 200 quilómetros a noroeste da capital chinesa (Pequim) que vai ser a anfitriã dos Jogos Olímpicos de Inverno 2022.

Um dos mais graves acidentes industriais ocorreu em 2015 em Tianjin (cidade portuária no norte da China, a cerca de 120 quilómetros de Pequim), em que uma explosão num armazém de produtos químicos fez pelo menos 165 mortos.