Rádio Observador

Incêndios

“Se não fosse eu e a minha mãe isto ardia tudo”. E o fogo voltou a incendiar a angústia no centro do país

2.800

Na aldeia da Roda, uma das 15 que ficaram cercadas pelo fogo, Cláudia e muitos outros populares juntaram-se aos bombeiros no combate às chamas, que voltaram ao centro do país. Veja a fotogaleria.

JOÃO PORFÍRIO/OBSERVADOR

Estradas cortadas, zonas evacuadas, centenas de operacionais no terreno. De novo as chamas a incendiarem a angústia do centro do país, que desde sábado assiste aos violentos incêndios que começaram no distrito de Castelo Branco e rapidamente chegaram ao de Santarém.

De Vila de Rei a Mação, é neste concelho que as atenções se centram ao cair da noite de domingo, com 15 aldeias a serem mais afetadas pelos fogos. Na estrada que liga a aldeia de Cardigos à aldeia de Roda ardeu uma casa de primeira habitação — uma hora antes, era retirado de sua casa um idoso de 91 anos — e os populares juntam-se aos bombeiros no combate ao fogos. “Se não fosse eu e a minha mãe isto ardia tudo”, desabafa Cláudia.

Veja as imagens na fotogaleria.

[Vídeo: Mais de 8.500 hectares já arderam no centro do país]

Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: jporfirio@observador.pt

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

Confirme a sua conta

Para completar o seu registo, confirme a sua conta clicando no link do email que acabámos de lhe enviar. (Pode fechar esta janela.)