A 4ª. edição do Porto Pianofest vai levar à cidade vários artistas internacionais, assim como ‘masterclasses’ e conferências para juntar “pianistas de renome a jovens estudantes”, de 1 e 9 de agosto, segundo a organização.

O concerto de abertura vai acontecer no dia 1 de agosto na Casa da Música, pelas 21h00, com um projeto de arranjos originais sobre composições de João Paulo Esteves da Silva, um “pianista de referência do circuito do jazz nacional”, que vai atuar com a Orquestra Jazz de Matosinhos, adiantou uma publicação da página da Casa da Música.

Ao longo dos nove dias de festival também vai ser possível ouvir artistas como Mariel Mayz, pianista e compositora norte-americana, e José Ramón Mendez, músico espanhol que dirige o Festival Internacional de Piano de Gijón (Espanha) e o Stony Brook Piano Festival, em Nova York (Estados Unidos da América).

De acordo com a página do festival, o objetivo é “cultivar o diálogo artístico internacional” e fortalecer a atividade cultural no Porto, tanto através de atuações de pianistas nacionais e estrangeiros como do desenvolvimento das aptidões dos jovens pianistas portuenses.

Paralelamente às atuações vão ser feitas ‘masterclasses’ e conferências, “abertas para pianistas avançados e pré-profissionais que estejam interessados em desenvolver as suas competências”, que vão ter a oportunidade de estudar em sessões particulares e públicas com docentes e artistas convidados.

Para além das aulas, lecionadas no Conservatório de Música do Porto, os participantes das ‘masterclasses’ vão ter a oportunidade de atuar para o público nas séries “Jovens Talentos Internacionais” e “Recital dos Participantes do Festival”, que vão acontecer entre 06 e 08 de agosto.

O Porto Pianofest foi criado em 2016 e conta com vários parceiros, entre os quais a Câmara Municipal do Porto e a Casa da Música.