ÉVORA

Primeira paragem no Alentejo. O templo de Diana é um partenon imperdível. Apesar do nome, não terá sido construído em honra da Deusa da caça mas sim do primeiro imperador romano, Augusto.

MÉRTOLA

É a despedida de território nacional, nesta pequena vila-museu de casario branco debruçada sobre o Guadiana. As ruas estreitas podem assustar mas o Tarraco tem uma direção suave e sensores que assistem na condução.

SEVILHA

Flamenco, tapas, torres imponentes, monumentos sumptuosos: Sevilha encanta a cada esquina, surpreende a cada praca. Seja a de Espana ou a da Encarnación. O melhor é deixar o Tarraco num dos parques de estacionamento públicos e explorar a cidade a pé.

RONDA

Ernest Hemingway inspirou-se neste ‘pueblo blanco’ andaluz para escrever “Por Quem os Sinos Dobram”. Não é difícil perceber porquê: a cidade estende-se pelo topo de um enorme desfiladeiro rasgado por um rio. Assusta e encanta ao mesmo tempo.

GRANADA

Ao volante do Tarraco, é impossível não lembrar outro SEAT, o Alhambra. Porque é na Alhambra que se concentram as atenções em Granada: é o mais impressionante de uma série de palácios construídos durante o domínio islâmico em Espanha.

DESERTO TABERNAS

Um deserto semiárido onde foram rodados inúmeros westerns. O parque temático Oasys, uma mini-Hollywood, honra esse passado.
Hora de dar uso ao sistema de climatização do SEAT Tarraco: estamos numa das zonas mais quentes de toda a Europa.

COSTA DE ALMERIA

O caminho faz-se junto ao mar, pela Costa de Almeria, com passagens pela famosa Playa de los Muertos, no Parque Natural Cabo de Gata. As aventuras off-road são uma possibilidade, já que o SEATTarraco vai ajustando a suspensão às condições do terreno.

DENIA

As águas são cristalinas, mas a razão para encostar é outra: um dos melhores restaurantes espanhóis (e do mundo), o três estrelas Michelin Quique DaCosta.

VALÊNCIA

A terceira maior cidade espanhola é tão versátil como o SEAT Tarraco: em Valência tanto é possível contemplar o (alegado) Santo Graal, na respetiva catedral, como o moderno complexo da Cidade das Artes e Ciências, desenhado por Santiago Calatrava.

MORELLA

A paragem final é uma das mais bonitas aldeias espanholas onde a expressão “castelo altaneiro” encaixa na perfeição: construído sobre uma rocha no ponto mais alto de Morella, o castelo local eleva-se a mais de mil metros de altitude.

TARRAGONA

Chegámos ao destino. No tempo dos romanos, a então Tarraco era das mais importantes cidades da Península Ibérica. Os vestígios desses tempos são ainda bem visíveis: do anfiteatro ao aqueduto, do circo ao Pretório. O SEAT Tarraco junta-se, por isso, à família. Um final feliz.